Sistema de contenção em Blocos Segmentais e Geogrelhas

Muro Terrae

O Muro Terrae é um sistema de contenção para muros em aterro ou em corte, composto por blocos pré-moldados intertravados como paramento frontal e geogrelhas de alta rigidez à tração ou grampos de aço como elementos de reforço e estruturação do maciço.

Muito presente em obras de paisagismo, urbanismo, canalização, revestimento de encostas, hidráulicas, arquitetura e infraestrutura viária ou de edificação, a solução permite uma construção rápida e simples, utilizando o solo local como material de aterro, diminuindo o desperdício e a necessidade de importação de solo na obra.

O Muro Terrae apresenta grande versatilidade na execução de patamares, curvas e cantos, e oferece excelente opção estética para a estrutura a ser construída. Pode ser utilizado em projetos de contenções com grandes alturas ou em áreas com relevos desafiadores.

CARACTERÍSTICAS

- Construção a seco (sem uso de concreto);

- Rapidez e simplicidade no método executivo;

- Versatilidade na execução de patamares, curvas e cantos;

- Sistema drenante;

- Melhor aspecto estético da obra final;

- Utilização do próprio solo local como material de aterro;

- Diminuição de entulho na obra;

- Pequenas deformações com o uso de geogrelhas PET e PV;

- Conexão bloco-geogrelha certificada;

- Opções de acabamento frontal e excelente estética;

- Adequados para contenção em aterro ou em corte;

- Custo de implantação muito atrativo.

Tabela de propriedades dos blocos Terrae

Sequência construtiva para Muro em Aterro

1. Preparação do terreno e início da execução

Nivelamento do terreno;

Execução da fundação, quando for o caso;

Vala de fundação dos blocos;

Lastro (concreto magro);

Colocação da primeira linha de blocos;

Primeira camada de aterro em areia;

Envelope de brita (dreno de face).

2. Terraplanagem

Seleção do material de aterro (podendo ser solo local);

Aterro junto à face: compactação manual;

Aterro no corpo da estrutura: compactação com rolo adequado;

Camadas de compactação acabadas na espessura de cada linha de blocos;

Energia de compactação elevada;

Controle de compactação (espessura, umidade e grau de compactação).

3. Montagem – Blocos Terrae e Geogrelhas

Colocação dos blocos (guia de montagem);

Preenchimento dos blocos com brita;

Limpeza do excesso de brita sobre os blocos;

Seleção das geogrelhas conforme especificação de projeto;

Modulação dos painéis de geogrelha (corte com faca);

Geogrelha inserida entre blocos (conexão simples ou dupla);

Geogrelha estendida no comprimento conforme o projeto.

4. Acabamento e cuidados

Acabamento arquitetônico;

Cuidado com o aspecto visual da face;

Possibilidade de canos, curvas côncavas ou convexas;

Acabamento/fechamento do topo da parede;

Drenagem externa (canaletas);

Os blocos não são argamassados;

A resistência dos blocos e das camadas de geogrelhas, o espaçamento entre elas e o comprimento devem seguir as especificidades do projeto executivo.

Detalhamento da drenagem e do acabamento do muro, tipo de solo e grau de compactação devem seguir as especificações do projeto executivo.

Imagens

A Geocontract tem as melhores soluções para você.

Entre em contato pelo telefone (11) 2067-0011 ou pelo e-mail engenharia@geocontract.com.br